The Witcher 3 mostra mais 15 minutos de gameplay

The Witcher

Mais expectativa para The Witcher 3. O vídeo liberado no canal do jogo me fez pensar apenas uma coisa: Maio, chega logo.

The Witcher 3: Wild Hunt é daquele tipo que nem jogamos ainda mas já aprendemos a amar. O jogo já se mostrou muito avançado graficamente, o que vai demandar um bom PC pra rodar. Além disso, teremos 16 DLCs pra ele, todas de graça.

Já não bastasse isso tudo, a CD Projekt Red continua lançando teasers, trailers e gameplays que aumentam minha necessidade e aceleram meu projeto pra construção de uma máquina do tempo.

Ainda em dúvidas sobre The Witcher 3? Eis 15 minutos de gameplay que vão fazer você considerar a compra na pré-venda.

Me parece que essa é uma versão praticamente final do game. Com o lançamento daqui a menos de quatro meses, poucas mudanças podem ser efetuadas nesse ponto, então, graficamente acredito que esse é o produto que teremos em mãos, o que convenhamos, tá muito acima do esperado.

Alguns pontos que valem destacar

  • Gostei bastante da presença do GPS ali. Vai ajudar com um típico problema de jogos open world: ter que abrir o mapa de 2 em 2 minutos. Eu imagino que não seja só comigo, mas em Skyrim, tenho que olhar o mapa o tempo todo pra ver se tô indo pelo caminho certo (ainda mais porque eu sou um bobo-alegre que deixa todas as missões ativas, então tem um monte de seta no meu mapa).
  • A fluência do combate tá espetacular. Isso é uma coisa que mesmo no primeiro The Witcher com gráficos zuadinhos, já era bom. Mas parece que agora tá melhor ainda. Aquele segmento do começo me lembrou muito God of War, não me perguntem por que.
  • Pode não ser uma versão final, mas esse menu com nomes e textos flutuantes acima dos personagens foi outra coisa que gostei bastante. É só um detalhe, mas bacana.
  • Notaram que o jogo parece ser feito totalmente pra controle? A visão em terceira pessoa, o menu de poderes em roleta. Pro tipo de jogo que é, acho que será uma boa.
  • Fiquei me perguntando se pra pegar todas as quests vai ser desse jeito. Parando, conversando com o cara num plano mais fechado e “cinematográfico“. Imagino que não, pois isso demandaria bastante atores de voz, ou eles teriam que recorrer ao jeito Techland de ser e repetir as vozes dos carinhas que te dão quest. Então imagino que isso aí vai ser só pra quest maiores.

Nem tudo é perfeito

  • A música me incomodou. Não porque ela tá presente enquanto Geralt cavalga ou nada disso. Ela até dá um tom de combate, o que é sempre bom. Me incomodou o fato de que mesmo nos trechos de conversa em que você não pode mover o personagem, ela tá lá… tocando. Incansavelmente…. mas meh, ninguém vai reparar nisso depois de 5 minutos.
  • Quem mais quis matar os caras por causa dos cortes nos melhores momentos da história? Ninguém? Só eu? Err.. ok.
  • Aquela board de quests tá bem safada, hein? Bem abaixo do resto do game.

Pra quem não tá sabendo, The Witcher 3: Wild Hunt será lançado no dia 19 de maio pra PC, PS4 e Xcaixa1. A pré-venda já está disponível no Steam.

Ah, e o projeto da minha máquina do tempo vai mal. Muito mal.

Sobre o Autor

Outros posts de

Anderson

23 anos. Adorador dos jogos single player, prezando por uma boa história. A variação de humor faz com que a preferência transite entre FPS, RPG e Estratégia.