The Witcher 3 – Novo trailer e segundo personagem jogável

thewitcher3_newtrailer

Eu posso estar um pouco atrasado pra mostrar esse novo trailer de The Witcher 3, mas é bom falar: Geralt of Rivia não vai ser o único personagem que você vai poder comandar.

Acho lindo quando aparecem notícias do meu querido GOTY 2015, também conhecido como The Witcher 3: Wild Hunt.

Esse jogo já tinha ganhado um espaço no meu coração (e na minha coleção) quando vi seus primeiros screenshots. Depois mostraram a cinemática de abertura dele, uma das melhores já vistas nos últimos anos. Aí a CD Projekt Red resolveu que ia dar todos os 16 DLCs do game de graça. O lado ruim dessa maravilha toda é que o game foi adiado e só será lançado em maio. Paciência né, mais tempo pra podermos zerar os outros dois e chegar nesse já conhecendo todo o lore por trás de The Witcher.

Mas vamos ao que interessa. Primeiro, aquilo que pode ser um pouco de Acre News: The Witcher 3: Wild Hunt tem um novo trailer. Saca só:

Eu gostaria de ressaltar o quanto esse trailer é sacana porque ele mostra a data antiga de lançamento, mas enfim, vamos em frente.

Elder Blood, o trailer que você acabou de ver, mostra um pouco mais da história por trás dos Wild Hunt. Sim, eu quis dizer que Wild Hunt é um grupo. Pra resumir eles são caras, muito, muito brutos que podem fazer um estrago por aí. E não sei se você notou pelo trailer, mas o Geraldão e outro bróder lá tavam numa treta contra eles. Então, basicamente, eles parecem ser os vilões do jogo. Já curti.

Antes de eu falar da outra coisa, deixa eu comentar sobre os gráficos do game. Eles parecem um pouco duros em relação ao gameplay de 35 minutos que vimos anteriormente, mas eu não me preocuparia com isso não. No PC o negócio vai ficar lindo como a gente gosta de ver. Haja PC pra aguentar.

Ciri será uma personagem jogável

Essa é a Ciri, tá seus noob?

Essa é a Ciri, tá seus noob?

Se você usou 35 minutos da sua vida e viu o gameplay extendido, você sabe que o Geraldão tá procurando a menina Ciri. Isso parece ser um dos objetivos centrais do jogo. Então, já que a busca por ela vai ser longa, os caras resolveram nos colocar pra jogar com ela também.

Mas nem se empolga. Não vai dar pra ficar alternando entre um e outro. Os momentos pra você jogar com a Ciri vão ser pontuais e de acordo com a história do jogo. Acredito que vá ser algo muito similar a como jogamos com o Desmond Miles em Assassin’s Creed mas… sem ser chato.

Enfim, vou deixar a descrição da personagem por conta da própria CD Projekt Red:

“Ela é uma arma viva… e todo mundo quer controlá-la. Ela tem sua própria vontade, então não basta só encontrar ela. Isso é um dos aspectos mais importantes dessa personagem.

Geralt conhece Ciri desde que ela era criança, ela era sua aprendiz e eles tem um laço emocional forte – ele a treinou pra se tornar uma Witcher.”

Uma coisa que essa descrição não diz é que a menina Ciri (menina não, né? Mulher já) é uma descendente de uma linhagem perdida de elfos e ainda é peça central de uma antiga profecia. Além disso, essa descrição da CD Projekt Red esfrega na tua cara uma coisa: Ciri é quem vai mandar nos próximos jogos da franquia.

Convenhamos, isso vai ser demais. Já foi anunciado que essa é a última aventura do Geraldão, mas não da série. Sendo The Witcher a galinha dos ovos de ouro da CD Projekt Red eu não dou nem um ano pra eles anunciarem que estão trabalhando num novo game com a Ciri estrelando.

Pra mim tá tranquilo, eu já gosto dela e um jogo de RPG mundo aberto estrelado por uma garota de personalidade é um sonho realizado. E eu já tinha considerado que ela poderia ser uma personagem jogável no meu outro post sobre The Witcher.


The Witcher 3: Wild Hunt está com lançamento (re)marcardo para 19 de maio de 2015. Você já pode comprar o jogo em pré-venda no Steam ou na GOG que se você não puder pagar os dólares dela, vai na Nuuvem que lá a cópia que eles vendem é a da GOG.

Fonte: IGN 

Sobre o Autor

Outros posts de

Anderson

23 anos. Adorador dos jogos single player, prezando por uma boa história. A variação de humor faz com que a preferência transite entre FPS, RPG e Estratégia.