Como está o Beta do Star Wars: Battlefront 3?

Como é do conhecimento da grande maioria das pessoas, 2015 é o ano de Star Wars. Nesse anos teremos o filme (que é o que todos estão esperando), livros e o novíssimo Battlefront 3!

Lembro do distante Natal de 2006 em que ganhei o meu primeiro Playstation 2 e alguns meses depois comecei a gostar de Star Wars (comprando todos os jogos possíveis para Play 2, inclusive). E por fim comprando tanto o primeiro Battlefront quanto o segundo e amando aqueles dois jogos e como eu já era jogador de Battlefield (sim, eu joguei e muito o 1942 naquela época) eu já estava mais habituado e me deliciei muito naquele tempo lutando contra a escória Rebelde.

Anos se passaram e o último jogo bom sobre esse universo foi lançado, o “Star Wars: The Force Unleashed” e então ficamos anos sem nenhuma novidade para revisitarmos esses mundos fantásticos.

Bem, até 2013.

Após o anúncio do novo jogo da franquia o tempo foi se passando e a data de lançamento chegando até que, finalmente, a Beta foi disponibilizada para nós termos um gostinho de como será o jogo. E bem, eu joguei e tenho bastante coisa para falar sobre o game. Prepara um salgado e uma Coca que você vai precisar (e também porquê Coca-Cola é boa em qualquer hora).

Vou destacar dois pontos importantes nessa minha review (vou tentar não me estender muito também), que são: O que eu gostei e O que eu não gostei. Vamos começar pela pior parte? Sim, vamos lá.

Pontos Negativos

Logo após 3 partidas de “Walker Assault” jogando de Rebelde eu percebi que o jogo está muito desbalanceado nesse modo de jogo. Primeiro que para a escória ganhar, ela tem que destruir os dois AT-ATs do Império e para tal feito eles tem que acionar uma espécie de Beacons para as Y-Wing derrubarem o escudo dos Walkers temporariamente e assim os Rebeldes terem a chance de causar dano. E é ai que mora o problema.

Para ligar os Beacons é necessária uma supremacia no campo de batalha, na qual o Império na maioria de suas vezes ganha pois ele possui veículos como os AT-STs e TIE-Fighters (que são mais ágeis que as X-Wings derrubando-ás muito rapidamente) e os defensores não tem quase nenhum equipamento para derrubar esse veículos, somente uma granada própria para esse fim e power-ups que se pegam no chão. Enfim, fica quase impossível para os Rebeldes ganharem a partida.

Ocorrem alguns Bugs que dão uma dor de cabeça na maioria das vezes, um exemplo é quando você está em terceira pessoa e resolve atirar de Sniper. Quando você atira a bala não sai pela a mira que está na sua tela e sem pela posição do soldado em terceira pessoa, fazendo o tiro errar e acertar uma parede, por exemplo. Falando em mira, a mesma em veículos terrestres não condiz com o disparo. Para atirar com o AT-AT ou o AT-ST você tem que colocar a mira bem alta para o tiro ir aonde você deseja. É muito ruim, para ser sincero e eu espero que concertem isso quando o jogo for lançado.

Pontos positivos

Agora vamos para a parte boa, o que eu gostei.

O que a Dice está nos mostrando nessa Beta é um jogo que, cada escolha que eles fizeram por enquanto esão dando certo. Uma delas (e que eu estou adorando) é não ter um modo campanha. Isso é bom porquê o Single Player em um jogo focado no Multiplayer, como Battlefield ou Titanfall) sempre acaba sendo fraco e ignorado, fazendo com que a desenvolvedora perca dinheiro desenvolvendo uma parte que ninguém vai jogar e assim sobre mais dinheiro na onde realmente interessa.
2015-10-11_03-02-36

O modo de jogo “Drop Zone” com 8 jogadores de cada lado e um mapa até que grande me pegaram de surpresa. Eu não estava tomando fé em que poucos jogadores iam deixar um jogo divertido. E eu estava errado. Por conta do renascimento rápido você nunca fica fora da ação e o modo como o jogo foi feito permite que o pior dos jogadores se saia bem durante a partida pois é ai que vem o maior diferencial do jogo: Você não precisa ser o DEUS DO FPS para jogar Battlefront 3 bem. O jogo foi feito para um público geral e não somente focado como Counter-Strike ou Battlefield na onde você precisa ter centenas de horas de jogo para se sair bem nas partidas.

E a imersão então? Quando eu estava atacando os Rebeldes em Hoth, chegou uma hora em que os 20 jogadores se multiplicaram magicamente em 32 porquê o tiroteio, explosões, caças sobrevoando e uma junção de coisas acontecendo ao mesmo tempo deram vida ao jogo. Foi uma sensação incrível. Eu não tenho palavras para descrever o quão gratificante foi estar ali com tudo acontecendo ao seu redor. Foi lindo.

Considerações finais

Concluindo essa análise minha, em que eu ressaltei os pontos positivos e negativos, devo que concluir que: Star Wars Battlefront 3 é um titulo em extremo potencial mas que eu não vou comprar na Pré-Venda. Como eu já disse em posts antigos, Pré-Venda da EA nunca mais; estou traumatizado com Battlefield 4 até hoje. Mas cara, se você é fã de SW assim como eu, espera o jogo lançar para depois comprar. Ele é divertido? Sim, e muito.

De coração, eu espero que jogo faça o sucesso que merece pois está muito bem feito (para a Beta). Com ótima jogabilidade e uma facilidade de se aprender a jogar bem, Battlefront vai arrancar suspiros de muitas pessoas que nem sonhavam jogar FPS.

E é só isso hoje pessoal, May The Force Be With you!

Sobre o Autor

Outros posts de

Vinícius Novelli

Tenho 18 anos e jogo de tudo, quer dizer, quase tudo. Se quiser me peitar no BF4 pode vir, CS:GO e COD Bo2 também! Mas se quiser uma coisa mais cabeça vamos para um Command & Conquer ou Company Of Heroes. Fica a dica.