Mais uma aventura épica em Dragon Age 2

Fala Ixxxxtintadorexxx (modo carioca ativado), como semana que vem lança o Dragon Age Inquisition, o game que eu to mais loco pra jogar, resolvi fazer uma mini maratona de três postagens nessa semana sobre a trilogia Dragon Age!

E hoje vou falar sobre Dragon Age 2! E caso você não tenha lido a minha análise sobre o primeiro jogo, Dragon Age Origins, por favor clique aqui.

Capa do jogo Dragon Age 2

Capa do jogo Dragon Age 2

Vamos começar?

“Não”

Foda-se, vou começar mesmo assim.

Bom, vou explicar um pouco do enredo do jogo, se não gosta de spoiler, bem… Sinto muito.

Você é um morador da vila Lothering, localizada em Ferelden, que logo após a Batalha de Ostagar ela acaba sendo destruída e você junto a sua família fogem para Kirkwall, uma cidade fora de Ferelden e por lá você deve tentar reconstruir sua nova vida. Obviamente que não vai ser fácil, você e sua família passarão por muitas dificuldades e perdas, mas as recompensas serão grandes.

Fim. Essa é a história do jogo.

“Porra Novelli, só isso?”

Não jovem, mas eu não quis vacilar e passar spoilers demais.

Em comparação ao Origins, a história acaba sendo mais fraca, porém, importante para os eventos que vão acontecer em Inquisition, já os diálogos das personagens continuam ótimos. Vou dizer que me apeguei tanto a uma certa personagem, ao ponto de eu tentar de tudo para ficar com ela. Resultado? Ela acabou como minha esposa ao final do jogo. (Nota do revisor: Dragon Age 2 virou um dating sim? Ao menos não tem pombos).

Meredith Stannard, a vilã ou aliada durante o modo história.

Já falamos porcamente da história. Então por que não falar dos controles e da interface?

Controles e Interface

Estão muito melhores que o do Origins, tudo está muito mais simples e intuitivo, com menos habilidades que o seu antecessor e menus mais simples com as cores certas. Essas modificações tornam o jogo mais fácil de ser compreendido e dá menos cansaço na hora de ler o que cada coisa faz. Além de que os golpes estão muito mais suaves e rápidos. Não tem aquela lerdeza toda do Origins ao brandir uma espada de duas mãos, aqui as coisas fluem melhor, ou mais rápido, da uma sensação de velocidade ótima na batalha. É uma delicia jogar.

delicia_jogo

Em compensação, a perda da complexidade no jogo acabou deixando ele muito mais fácil, fazendo com que qualquer pessoa consiga jogar ele sem problemas, mas não em um sentido muito bom. O jogo não tem dificuldades, os monstros são fáceis de matar e até alguns bosses são de papelão (menos o ultimo, aquela batalha lá é demorada até demais).

Gameplay enquanto se luta

Gameplay enquanto se luta

Por mim, ele tirariam do jogo o menu de táticas, que na minha opinião não serviu de nada durante a gameplay, pois estava tudo muito fácil de fazer. Eu colocava na dificuldade Hard e continuava tranquilo, coisa que se for feita no Origins o jogo fica quase um Darksouls da vida.

Gráficos

Gráficos são lindos de mais. Não tem mais o que falar deles, PRÓXIMO ITEM.

Trilha sonora

A trilha sonora infelizmente é inferior ao de seu antecessor, não tem nenhuma música que me marcou, mas ainda continua boa. Caso queiram escutar aqui está ela.

Impressões finais

Cara, a história é mais curta comparada ao Origins (demorei 22 horas para zerar, contra 32 no Origins) mas ainda é ótima, muitos acontecimentos do jogo são reflexos do que você faz no jogo anterior e os novos acontecimentos vão dar a introdução a história do Inquisition. O fim da Quinta Blight e o estouro da guerra civil entre os Templários e os Magos são a base para o próximo jogo.

Quanto a minha experiência ao jogar eu falo e com muito orgulho que cada monstro que matei, cada Darkspawn, Dragão ou bandido valeu a pena e me diverti muito. Até me emocionei durante o gameplay várias vezes. E o melhor de tudo, é um jogo aonde qualquer um pode entrar e entender tudo o que está acontecendo e não ficar perdido, mas a experiência é melhor jogando ambos os jogos mais os DLCs. Enfim, o jogo é ótimo e você pode comprar sem medo.

“Onde eu compro, Novelli?”

O jogo só está disponível no Origin por volta de R$30,00. Achou caro? Bem ele sempre entra em promoção então é melhor ficar esperto. O link é esse aqui.

Bem, por hoje é só pessoal, logo mais eu to de volta. (Nota do revisor: Ou não… Muahahaha!).

Sobre o Autor

Outros posts de

Vinícius Novelli

Tenho 18 anos e jogo de tudo, quer dizer, quase tudo. Se quiser me peitar no BF4 pode vir, CS:GO e COD Bo2 também! Mas se quiser uma coisa mais cabeça vamos para um Command & Conquer ou Company Of Heroes. Fica a dica.